terça-feira, 12 de agosto de 2014

Ampliando o olhar

Quantas vezes nos sentimos cheios de uma rotina sem sentido?
Quantas são as vezes que de tanto permanecer no automático do agir e do sentir nos sentimos esgotados, ansiosos, temerosos, desmotivados, deprimidos?
Quanto oprimidos será que estamos?
Quanto de superfície estamos vivendo?

...

E quando nos deparamos com algo que é maior do que nós mesmos,
quando a majestosa natureza vem e nos captura, nos tira do norte que tomamos como verdades inventadas,
quando nos permitimos ser envolvidos neste encantamento,
quando apenas mergulhamos neste milagre,

Naturalmente, ampliamos nosso olhar sobre a vida,

Aprofundamos,
Respiramos,
Renascemos,

...