sábado, 9 de agosto de 2014

Sob o sol

Eu sempre gostei das manhãs. O sol que aquece, energiza, faz despertar para o novo dia, cheio de possibilidades para ser feliz, para realizar-se. E, talvez, seja por isso que me encanto tanto com os girassóis. Eles estão sempre a girar para banhar-se da luz dessa estrela que nos ilumina todos os dias.

Nós também, se pararmos para pensar, somos como girassóis na busca de algo que nos ilumine, que nos traga felicidade. Estamos sempre a procurar essa luz para preencher um vazio que parece nos acompanhar no íntimo. Muitas vezes, essa falta, travestida de situações corriqueiras, nos traz sofrimentos. Precisamos nos alimentar novamente de algo que nos proporcione alegria para que recobremos nosso equilíbrio interior e nos permita retornar à nossa jornada com leveza no coração.

E a busca por essa felicidade genuína sempre me inquietou. É, na verdade, o que me inspira levantar da cama e abrir-me para o novo dia a cada novo amanhecer. Espalhar por aí os caminhos que descubro para nos preencher dessa luz, me traz uma alegria que renova a minha alma e me faz sentir viva. É dessa minha necessidade de compartilhar o que me faz vibrar, que nasceu este Jardim dos Girassóis! 

O Jardim já foi um blog apenas, hoje, retorna com novidades. Afinal, ao longo da nossa caminhada, vamos nos transformando e, assim também, o que vamos compartilhando. Estou trazendo o coração radiante, cheio de ideias e novas propostas que aos poucos contarei aqui.

Aos meu antigos e novos leitores, sejam bem-vindos!

Leia mais sobre o Jardim aqui.

crédito da imagem: Kerry Certonio